Home » » QUIJINGUE: No último discurso antes de se licenciar para assumir a chefia do gabinete do prefeito, vereador João Batista disse que “a política é uma arte de engolir sapo”

QUIJINGUE: No último discurso antes de se licenciar para assumir a chefia do gabinete do prefeito, vereador João Batista disse que “a política é uma arte de engolir sapo”

Na Sessão Ordinária de terça-feira (29), o vereador João Batista (PT) fez uso da tribuna da Câmara Municipal dizendo que precisava prestar alguns esclarecimentos. Em seu discurso, Batista tentou justificar dizendo que a sua saída da câmara teria acontecido mais por uma decisão da Executiva de seu partido, a qual teria pedido que ele se licenciasse logo para ajudar a administração de Almiro Filho. Inclusive, teria ouvido do colega de sigla, Romero Filho, a sugestão de fazer uma assembleia (uma reunião, um movimento) para consultar a população se era favorável pela saída do vereador da câmara para assumir uma secretaria no governo. Como, no dia da assembleia, a população aprovou, logo não restou outra coisa a não ser se licenciar da câmara.

Para reforçar a ideia de que a sua saída da câmara não era de sua total liberdade, disse que “a política é uma arte de engolir sapo”, por isso que muitas “vezes você tem que engolir!”, repetiu. Porém, acrescentou dizendo que não comunga e nem comungará com o erro, com atos de corrupção. Aproveitou e falou que não gostou do que o Assessor de Comunicação do Prefeito, Laerte Brito, teria escrito, dizendo que o vereador João Batista tinha voltado atrás sobre a criação da Comissão Processante depois que teria percebido que tinha outras intenções ou porque se tratava de um golpe. João Batista declarou que as palavras do assessor eram mentirosas, e que foi favorável a instalação da Comissão Processante e que continua com a mesma opinião. Inclusive, teria repetido isso no dia do evento que anunciou sua saída da câmara.

João Batista disse ter ficado muito chateado por conta de alguns comentários anônimos publicados em blogs, os quais o acusam do que ele não é e nunca foi. Falou que concorda que as pessoas precisam opinar, mas não para fazer comentários com acusações sem provas, e classificou essas pessoas de “analfabetos políticos”.

No aparte ao discurso, os vereadores Antonio Brito e Reginaldo Cavalcante, que também são do PT, disseram que repudiaram o movimento feito pelo seu partido, pois, apesar deles serem da Executiva do PT, não foram se quer convidados para essa assembleia. João concordou e disse que o presidente errou muito. Antonio Brito complementou dizendo que se era um evento do PT, então a prefeitura não podia financiá-lo, pois, segundo ele, vários veículos foram vistos abastecendo no Posto de Combustível com autorização da Prefeitura de Quijingue.

Também fazendo o aparte ao discurso de João Batista, a vereador Ivani Costa (SDD) disse, interrogando-o, que os vereadores Antonio Brito e Reginaldo Cavalcante também são do PT, e por que que a pressão era somente contra ele? Por que iriam punir somente ele? João Batista voltou atrás e disse que não tinha punição e desviou dizendo que não comungará com erros e nem abaixará a cabeça.

Outro a fazer um aparte foi o vereador Washington Gois, dizendo que gostaria que o vereador permanecesse na casa, pois se for comprovado às acusações contra o prefeito Almiro Filho, o vereador que irá assumir a vaga, Edilson Nascimento, não votará pela cassação, pois a substituição estava acontecendo para isso.

Antonio Brito ainda queria saber do vereador, se, no caso do relatório da Comissão Processante comprovar que houve ilicitude, fraude ou irregularidade, se o mesmo retornará à câmara para votar pela cassação do prefeito Almiro Filho, considerando que ele pode retornar a qualquer hora. Meio desconfortado, Batista disse que gostaria de votar, mas, na medida em que se licencia fica impossibilitado. Falou ainda que não é contra a cassação na medida em que fique comprovado que houve o cometimento de crime. E finalizou dizendo que tomará uma posição a esse respeito, mas não respondeu se retornaria ou não para votar pela cassação.

16 comentários:

  1. engolir sapo é para os fracos e covardes, mas aquele que aceita a verdade e vive por ela não aceita isso nao. paga qualquer preço para defendê-la. e voce ainda que utiliza o nome de Deus para defender a verdade. foi uma vergonha. eu como cristão estou envergonhado. imagine os evangelicos como devem estar. o senhor pastor fugiu da verdade. fugiu da responsabilidade e ficou do lado do obscuro. INVESTIGAÇÃO JÁ!

    ResponderExcluir
  2. eu esperava outra coisa deste pastor. sempre li neste blog o que ele falava na camara. dizia quando dizia que ia arrepiar o bambu, quando deu aquelas broncas no prefeito, disse uma vez que ia acontecer coisas pesadas na câmara. que nao aceitava erros. Era essa, Pastor? era isso a coisa pesada? era isso o arrepiar o bambu. como é que um pastor larga uma investigacao para assumir uma chefia de um prefeito com varias asusaçãoes. O QUE ELE DIZ DAQUILO QUE ELE FALOU QUANDO PERGUNTOU SOBRE O SUPERFATURAMENTO DAS ESCOLAS? ELE JA LHE RESPONDEU PASTOR?

    E SOBRE A LOJA FANTASMA DE TUCANO QUE O SENHOR DISSE QUE IRIA INVESTIGAR? JA DESCOBRIU PASTOR. Isso é muita da DEMAGOGIA. VOU REPETIR COMO O SENHOR DIZ D E M A G O G I A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. o comportamento do pastor envergonhou os evangelicos

    ResponderExcluir
  4. Pastor! Você é contraditor do seu mestre Jesus Cristo!
    Jesus disse em MATEUS26
    Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?

    ResponderExcluir
  5. fugiu da luta contra a impunidade e contra a corrupção! mesmo que nao fique nada provado, mas fugiu da investigação.

    ResponderExcluir
  6. é pastor vc realmente é uma vergonha para o povo evangelico, vc nos deixou decepcionados que vergonha, que vergonha

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Essa assembleia deve ter acontecido entres os secretarios do prefeito!! Qual populaçao aprovou? Os puxa sacos os coleguinhas corruptos!!

    ResponderExcluir
  9. pelas palavras dele, ficou certo que armaram mesmo para tirar o Joao da Camara? Por que preferiram tirar o joao da camara? nao confiavam no voto do JOao?

    ResponderExcluir
  10. interessante, se o prefeito é inocente porque nao deixaram o joao na camara para votar a favor do prefeito?

    ResponderExcluir
  11. João tinha que ter ficado, provar que Almirinho não deve e votar contra a cassação.

    ResponderExcluir
  12. pq será que o pt não mexe com a mente de outros vereadores pastor joão,tem coisa estranha no ar,o vereador romerio pq mudou de ideia,quero ver defender o prefeito na camara,não falar de lula ou dilma em quijingue falamos em prefeito,Antonio brito vc é o cara poen moral neste neste vereador sacano qui se vendeu por uma bestera

    ResponderExcluir
  13. foi estranho mesmo a saída. quem votou? a executiva? os filiados? todos que estavam eram filiados?
    e por que os outros vereadores não foram convidados?
    por que também nao pressionam para Antonio Brito e Reginaldo também se licenciarem da câmara? por que só o Joao?
    confuso tudo isso

    ResponderExcluir
  14. Não importa o que o novo Secretário vai fazer. Esse governo é uma tragédia, desde do início que vi isso estampado na cara do grupo que tomou do poder em Quijingue, refrescando um pouquinho a memória daqueles elegeram, posso afirmar que aquele 1º de janeiro dava a impressão que Quijingue não era Bahia, não era Brasil. A partir daquele momento já estávamos no primeiro mundo. O Vereadores Reginaldo e Antônio Brito diziam que teríamos Saúde de qualidade, Educação de qualidade, merenda de qualidade.... Todos sabem o que aconteceu e está acontecendo, e o que pior o salario dos servidores da Educação que recebem dos 40% os malandros não pagaram, por que?....

    ResponderExcluir
  15. gente imprimen este folhete e vão mostrar o pastor votei nele sei que estar deixando se levar

    ResponderExcluir

REGRAS PARA COMENTÁRIOS: (Leia, é importante)

Obs.: A opinião emitida nos comentários é de quem comenta, e não tem necessariamente a ver com o autor da postagem ou do editor do blog. A responsabilidade pelo comentário é de quem comenta.

Os comentários são muito bem vindos e importantes para o Folha da Vila, pois enriquecem o conteúdo das postagens. Há, no entanto, pequenas regras que devem ser seguidas para que seu comentário não seja bloqueado ou apagado. Reservo-me o direito de apagar qualquer comentário que desrespeite as regras abaixo:

1- O comentário deve estar relacionado ao assunto tratado na postagem.
2- Este não é um espaço para você divulgar seu Blog, Twitter, Facebook ou qualquer outro link pessoal.
3- Comentários com links que direcionarão para outras páginas serão removidos.
4- Nunca deixe comentários ofensivos, discriminações racistas, vulgaridades, palavrões ou qualquer tipo de desrespeito a outros visitantes ou à equipe do blog.
5- Não deixe Email nos comentários, dúvidas sobre as postagens serão respondidas no próprio blog.
6- Elogios, críticas, informações complementares e sua opinião sobre o tema são bem vindas.
7- Outras dúvidas, perguntas, sugestões e outros use o formulário de Contato.

Agradecemos pela compreensão.

Pesquise no Folha da Vila


Receba atualizações por e-mail

Curta nossa página no Facebook

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Folha da Vila - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger