Home » » Por que o governo Almirinho está sendo considerado como um dos piores da história de Quijingue? | Cartas aos cidadãos desatentos

Por que o governo Almirinho está sendo considerado como um dos piores da história de Quijingue? | Cartas aos cidadãos desatentos

Coluna Cartas

É sabido por todos que o governo Almirinho está sendo avaliado, pela opinião popular, como um dos piores governos que Quijingue já teve. Essa avaliação negativa certamente decorre de vários fatores. A seguir, buscarei discorrer sobre alguns que, com certeza, foram (e são) as principais causas da reprovação deste governo pela população quijinguense.   

Primeiro

Quem apostou que, depois que Almirinho fosse eleito prefeito, a população iria esquecer as promessas e as propostas de governo inovadoras e, ditas, revolucionárias de administrar (as quais levaram a população o eleger); que ninguém ia lembrar da promessa de se fazer ou de “começar uma nova história” em Quijingue, onde se governariam olhando para as pessoas e com as pessoas, que se iriam construir um governo mais transparente, democrático e participativo da história política deste município com a institucionalização de políticas públicas para a promoção do desenvolvimento social e econômico, certamente, como dizia minha avó: “caíram do cavalo”.

Segundo

Quem acreditava que depois que tivessem o controle da máquina pública na mão, iriam conseguir, facilmente, manipular todos os meios de informação, controlar todos os movimentos sociais, cooptar todas as pessoas, mantendo tudo sobre controle, e assim, garantir a conservação da imagem do “bom mocinho” e da hegemonia da ideologia dos que governam, com certeza, levaram um tombo. 

Terceiro

Quem depositou esperanças na “filosofia dos maus políticos”, de que o povo tem memória curta, e assim, preferiram adotar o silêncio como melhor estratégia para se defender das diversas acusações de corrupção em um ano de governo, acreditando que com o passar dos dias, anos, a população esqueceria, certamente se frustraram.

Pois bem...

Acredito que o terceiro fator foi o que mais provocou desgaste e, consequentemente, a rejeição deste governo, em pouco menos de 1 ano e meio. No entanto, esse desgaste todo, poderia ter sido evitado. Como? Vou explicar. Acompanhe:

Não adianta, agora, querer culpar os meios de informação (que estão apenas fazendo seu papel), as redes sociais (que é um espaço interessante de interação), aos vereadores da oposição (que estão cumprindo seu papel) etc., dizendo que eles trabalharam para difamar o prefeito por meio da veiculação e propagação de tais fatos. Pois, o governo também poderia ter se utilizado dos mesmos meios e até de outras estratégias para esclarecer à população a cerca do que estava ou está sendo denunciado sobre a sua administração. 

Ou será que não tinham como justificar? Ou não seria possível justificar o injustificável? 

Pois, apostaram no poder do esquecimento, ou seja, confiaram na memória curta do povo como forma superação das denúncias.

Pois bem. O prefeito...

Ao invés de apresentar documentos, contendo as planilhas com todos os gastos, e a relação dos materiais e serviços realizados na Escola Manoel Fidelis da Silva a ponto de consumir mais de R$ 100 mil reais para pintar, bem como de outras escolas que consumiram R$ 60, 80, 90 mil reais cada, preferiu manter o silêncio como regra.

Ao invés de apresentar a documentação para comprovar a lisura no processo de licitação que contratou a empresa de Tucano e a de Internet de Euclides da Cunha, supostamente “fantasmas”, bem como, apresentar os endereços corretos das lojas (se é que existem), os materiais recebidos e os atestados de recebimento, preferiu manter o silêncio como regra.

Ao invés de apresentar as planilhas contendo os roteiros, números das placas dos ônibus, nome dos proprietários, relação dos alunos que utilizam o transporte das linhas de ônibus, supostamente “fantasmas”, preferiu manter o silêncio como regra.

Ao invés de comprovar o valor do sinal de celular de Algodões que custou 53 mil reais, provando que as notas fiscais não são “frias”, e explicar do porquê que o sinal não tem a cobertura dos trinta quilômetros prometidos e porque que o serviço é tão ruim dentro da vila de Algodões, e porque que compraram em uma loja que não é especializada em telefonia móvel, preferiu manter o silêncio como regra.

Ao invés de apresentar documentos, contendo as planilhas com todos os gastos, e a relação dos materiais e serviços realizados na reforma do CEAQ que consumiu mais de R$ 80 mil, preferiu manter o silêncio como regra.

Poderia ter justificado porque priorizou tanto esbanjamento em contratações de pessoal, tanto abuso com gastos na aquisição de combustível (quase 3 milhões de reais), na compra de quentinhas, em vários contratos suspeitos de superfaturamento, na contratação de carro de luxo de quase 100 mil reais, nas realizações de tantas festas com valores duvidosos que chegou a quase 1 milhão de reais. Justificado o porquê de não ter comprado as ambulâncias, dos garantido os serviços básicos na saúde sem qualidade, dificuldades para a realização de exames médicos, da falta de remédios gratuitos, de, até mesmo, de faltado papel higiênico e água no hospital etc. 

Poderia ter justificado porque era necessário contratar uma empresa para a limpeza pública por valores tão altos, quase dois milhões; porque da contratação da IDESP pelos mais de 4,5 milhões de reais; poderia ter divulgado as ações que o governo tomou para garantir a eficiência dos serviços das empresas terceirizadas para não ser acusado de se omitir diante da precariedade dos mesmos. Poderia ter explicado porque que os valores das contratações das empresas de assessoria técnica-contábil, de advocacia etc, quase de dobraram.

Poderia ter justificado porque é mais compensador para a prefeitura alugar 12 impressoras por mais de 50 mil reais ao invés de comprar 51 impressoras das mesmas; poderia ter se posicionado a respeito da compra de fazendas e da construção de uma mansão pelo prefeito em Euclides da Cunha, comentada na Câmara Municipal, para que não deixasse a população na dúvida de nada.

Poderia ter explicado porque que com a contratação da Grautech, os serviços de limpeza pública tornaram-se 500% mais dispendioso para a prefeitura do que nos outros anos; poderia ter explicado melhor porque declarou por várias vezes situação de emergência e realizou contratações sem licitações.

Se tivesse adotado tudo isso, teria mostrado que não devia no cartório, sendo desnecessário criar CPI para investigá-lo, porque tudo estava esclarecido, tudo estava sendo feito de forma transparente e esclarecedora. Não haveria dúvida quanto a lisura da sua administração. Mas, nada disso foi feito...

Precisamos exigir que a administração pública preze pela transparência de sua atuação e pelo atendimento de qualidade à população, bem como, na valorização da divulgação de informações de interesse público.

Em resumo: as inúmeras acusações de desvios de recursos públicos, a falta de transparência e de qualidade dos serviços e no atendimento ao público, a ausência de divulgação de informação de interesse público, são alguns dos fatores que tornam a administração de Almirinho como uma das piores da história de Quijingue. 

Resta-nos depositar confiança na Câmara Municipal para nos devolver nossos sonhos e esperanças de que dias melhores virão....

... Até!

6 comentários:

  1. RObson Moreira de Andrade21 de março de 2014 17:20

    Ná verdade à uma serie de fatores para q essa administração esteja da forma que está, vou cita só um Que experiências de administração o prefeito tem se ele nunca trabalhou.. Dai vem todo um conjunto de erros.

    ResponderExcluir
  2. pois então vamos ver agora quijingue estar sobre a mão de deus segundo da camara de vereadores, vereadores vcs são onze tirem este prefeito. vereadres vloves ,ivani,joaõ,espedito,wh,ze do pefe,romerio,celia,vando,reginaldo,antonio brito ,tenham piedade de quijingue da qui pra frente e com vcs..e aí???

    ResponderExcluir
  3. Vcs ache que vando e ze do pife vai ter piedade de alguem? Um tem trator locado pra prrfeitura o outro o filho e assessor do prefeito!!

    ResponderExcluir
  4. José Antonio Cavalcante21 de março de 2014 19:59

    Olhando de cima para baixa ta tudo errado não só o prefeito mais os secretários também faz parte desse conjunto fico pensando se os vereadores não se prontificarem tamos perdidos

    ResponderExcluir
  5. se eles não fizerem nada, temos que ir para as ruas e mostrar nossas forças.assim é que não pode ficar.

    ResponderExcluir
  6. Acho que está muito difícil, fico pensado naqueles que necessitam de algum atendimento público, saem daqui com o dinheirinho enrolado no bolso para comer um lanche e de repente são obrigados a fazer vaquinha para não ficar no meio do caminho, isso é lamentável porque essas pessoas são pobres e dependem do poder público. Mas se olharmos para essa administração não tem nada de ideológico, tem sim, uma voracidade enorme em se apropriar dos recursos públicos para fins escusos. É a cartilha de tratar a coisa pública instituída pelo PT nas três esferas de governo. Este é o modus operandi petista. Comparem! (Refinaria de Passadilma, a bomba de efeito retardado que os contribuintes vão ter de arcar com os aumentos em todas as tarifas públicas a partir de 2015 e assim por diante. Acorda povo brasileiro, a roubalheira é grande e como diz o capo de nove dedos, nunca se roubou tanto como nos governos Petistas em todas as esferas (Municipal, Estadual e Federal).

    ResponderExcluir

REGRAS PARA COMENTÁRIOS: (Leia, é importante)

Obs.: A opinião emitida nos comentários é de quem comenta, e não tem necessariamente a ver com o autor da postagem ou do editor do blog. A responsabilidade pelo comentário é de quem comenta.

Os comentários são muito bem vindos e importantes para o Folha da Vila, pois enriquecem o conteúdo das postagens. Há, no entanto, pequenas regras que devem ser seguidas para que seu comentário não seja bloqueado ou apagado. Reservo-me o direito de apagar qualquer comentário que desrespeite as regras abaixo:

1- O comentário deve estar relacionado ao assunto tratado na postagem.
2- Este não é um espaço para você divulgar seu Blog, Twitter, Facebook ou qualquer outro link pessoal.
3- Comentários com links que direcionarão para outras páginas serão removidos.
4- Nunca deixe comentários ofensivos, discriminações racistas, vulgaridades, palavrões ou qualquer tipo de desrespeito a outros visitantes ou à equipe do blog.
5- Não deixe Email nos comentários, dúvidas sobre as postagens serão respondidas no próprio blog.
6- Elogios, críticas, informações complementares e sua opinião sobre o tema são bem vindas.
7- Outras dúvidas, perguntas, sugestões e outros use o formulário de Contato.

Agradecemos pela compreensão.

Pesquise no Folha da Vila


Receba atualizações por e-mail

Curta nossa página no Facebook

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Folha da Vila - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger