Home » » QUIJINGUE: Vereadores da base fazem fortes críticas ao governo municipal e relevam desejos de investigar o prefeito através das denúncias da oposição

QUIJINGUE: Vereadores da base fazem fortes críticas ao governo municipal e relevam desejos de investigar o prefeito através das denúncias da oposição

Na foto: Romerinho, Ivani e João Batista
Considerando os discursos dos vereadores da base do governo na primeira sessão da Câmara do ano de 2014, que aconteceu na terça-feira (11), tudo leva a crer que o prefeito Almiro Costa Abreu Filho não conseguirá contornar tão facilmente a crise política pela qual passa seu governo. Diferentemente do ano passado quando o prefeito conseguiu facilmente convencer seus aliados a derrubar a CPI que iria investigá-lo de suspeita de irregularidades na contratação de empresas supostamente “fantasmas”; desta vez, parece que o prefeito terá muito dificuldade para contornar a crise política e obter o apoio dos governistas para tentar desqualificar as críticas dos opositores e para rebater novas denúncias trazidas à casa pela oposição. Ao contrário, parece que os governistas se somarão à oposição para apontar as falhas do governo e, até mesmo, apoiar na apuração de denúncias contra o gestor.

A primeira sessão de 2014 foi marcada pela saída do vereador Reginaldo Cavalcante (PT) da liderança do governo. Antes de anunciar seu afastamento, Cavalcante teceu várias críticas ao governo de Almiro Costa (VER). Todavia, tudo leva a crer que Almirinho não perdeu somente o líder do governo.

Acompanhe alguns destaques dos discursos dos vereadores governistas e tire suas próprias conclusões:

ANTONIO BRITO

Durante o pequeno expediente, Antonio Brito (PT) iniciou seu discurso falando que tem recebido muitas críticas e queixas a cerca da gestão de Almiro. E defendeu, que agora neste segundo ano do governo, não se deve mais ficar presos aos erros do passado, mas sim, viver o presente e se projetar para o futuro. Brito falou que conseguia notar na fisionomia das pessoas certa tensão a cerca do comportamento do vereador diante das falhas do governo. “Nós somos legisladores e fiscalizadores do dinheiro público”, afirmou.

O parlamentar deixou entender que a deficiência do executivo estava levando ao vereador a fazer um trabalho que é de competência da prefeitura, como pagar exames médicos para as pessoas carentes, transportar pacientes. No entanto, segundo o vereador, a prefeitura recebe recursos carimbados para estas finalidades. Brito também considerou inadmissível não ter uma ambulância no hospital para socorrer as pessoas, e responsabilizou o governo pela morte do irmão do colega Reginaldo. Concluindo seu discurso no pequeno expediente, Brito disse que lamentava dizer, mas essa gestão estava do mesmo jeito da outra que ele tanto criticava. “Tem que mudar. Peço responsabilidade de quem executa”.

No grande expediente, o parlamentar se solidarizou com o vereador Reginaldo Cavalcante pela saída da liderança do governo, com todos aqueles que são humilhados e desagradados durante o atendimento na saúde e com as pessoas doentes de câncer que foram deixados em Salvador em detrimentos do carro estar transportando pessoas que viajavam de férias.

JOSÉ CELESTINO (ZÉ DO PIFE)

José Celestino (SDD), concordando com as palavras de Antonio Brito, disse que a administração de Almiro realmente foi horrível. Falou das vaias que recebeu durante o velório do irmão do colega Reginaldo (o mesmo aconteceu com a vereadora Ivani) e percebeu que a população estava descontente com a atuação dos parlamentares, responsabilizando a gestão pelo acontecido. “O que aconteceu com o irmão do vereador poderia acontecer com qualquer um”, frisou.

Pife aproveitou e disse que os administradores só prometem, pois tinham garantido que iriam recuperar as estradas, no entanto, nada passou de promessas. Alfinetou a administração, dizendo que nesta gestão, pelo que se paga aos proprietários de ônibus pelas locações, todos irão se quebrar, ao contrário das outras gestões que os donos de ônibus conseguiam obter renda com as locações.

JOSÉ ROMERO

Romerinho (PT) iniciou o discurso no primeiro expediente dizendo que existem problemas sérios na gestão de Almiro. Criticou a forma como os projetos do governo chegaram à casa legislativa, pois, sem necessidade nenhuma tramitaram como urgente-urgentíssimo impedindo que os parlamentares discutissem. Destacou que o freio de qualquer gestão pública é o poder legislativo, e defendeu que o executivo precisa respeitar o poder legislativo que representa a vontade do povo. E este, por sua vez, precisa se valorizar, atuar de forma autônoma, para não ser chamado de mensaleiros ou propineiros. Romero se diz buscar sempre como referência no que há de melhor e não colocar como base as coisas ruins, por isso evitava fazer comparações dos erros desta gestão com os das anteriores.

Ao falar sobre o Projeto de Emenda à Lei Orgânica, que modifica de secreto para voto aberto nos casos de cassação de mandato de prefeito, vice-prefeito e membros da mesa da câmara, disse que espera que o legislativo possa, por meio desta mudança, mudar a cara da casa. O projeto teria sido de iniciativa dos vereadores do PT que recebeu o apoio de todos os outros parlamentares.

Sem deixar claro de quem estava falando, disse que o legislativo estava cansado de ver muitas pessoas se dando bem com o dinheiro público. Que, um processo de julgamento tem suas fases e devem ser obedecidas, as decisões não serão precipitadas, mas que chegarão ao julgamento final, ao fim do processo. “Isso com certeza vai mudar a cara do legislativo”, destacou.  Segundo ele, as pessoas estavam votando projetos pisando no pé do outro. Sem necessidade, os projetos estavam tramitando de forma urgente-urgentíssima, sendo votado com rapidez e empurrado por goela abaixo.

Concluindo seu discurso, Rocha disse que no momento, concorda com os vereadores do bloco da oposição, que estão tentando combater aquilo que está errado nesta administração. Pediu a todos, oposição e situação, que juntos pensem e privilegiem aquele que os colocaram no poder legislativo, o povo.

JOÃO BATISTA

João Batista (PT) falou que, no primeiro ano, diziam que era pra arrumar a casa, mas que, daqui para frente, muitas decisões importantíssimas deverão ser tomadas e, “quem tem rabo preso vai se esquivar”. Sobre o Projeto que iria ser votado, Batista disse que voto secreto cheira maracutaia, logo, concordando com a presidenta Célia Santos, disse que um representante do povo tem que botar a cara a tapa.

Batista defendeu que se foi identificado algo irregular, como atos de corrupção, não deve permanecer impune, seja no executivo ou no legislativo. “Pode ser meu amigão. Até se eu cometer alguma coisa tem que ser cassado. Nada de secreto. Nada de neguinho se esquivar. O voto aberto pra gente começar colocar a ordem na casa”, defendeu com convicção, e acrescentou que na hora que for colocado em votação, ele será o primeiro a votar. Disse que os projetos que vierem tramitar de forma urgente-urgentíssima, não serão votados pela casa.  “A gente tem que tá unido, não pode ficar empurrando com a barriga não”.

Sobre o episódio do irmão de Reginaldo, João disse: “Se eu pegar um terço do que se gasta em festas, dava para comprar umas dez ambulâncias. Não adianta querer justificar o injustificável. A coisa ta feia”. Lamentando, João disse que não tem essa natureza, pois se ele fosse o gestor-mor teria comprado as ambulâncias com dinheiro do próprio bolso. Pois, garante que nunca ia ouvir de ninguém, dizer que uma pessoa teria morrido por falta de socorro. “Eu lamento muito, mas minha natureza não dava pra isso. Vamos votar livre para organizar a casa”, concluiu.

IVANI COSTA

A vereadora Ivani Costa (SDD) iniciou o discurso lamentando pela péssima gestão de Almirinho no ano de 2013. Relatou sobre a triste situação pela qual vive os alunos da Escola da Fazenda Tatu, que, segundo a vereadora, esteve na escola e pôde verificar a falta de cadeiras para os estudantes e, as poucas que a escola possui, estão quebradas. Costa cobrou do secretário de Educação, Laécio Andrade, uma resolução para este caso.

Com relação à Saúde, Ivani disse que nem adianta ter carro para transportar as pessoas adoentadas, pois no hospital não tem nada. Não adianta trazer. Nem mesmo remédio controlado à prefeitura está fornecendo. Ivani afirmou que ela é quem está arcando com as despesas com remédios controlados e exames médicos. “A saúde é, realmente, uma vergonha. Não existe hospital sem ambulância”, criticou.

CÉLIA SANTOS

Célia Santos (SDD) que, enquanto presidenta da casa, não costuma usar da tribuna, não perdeu a oportunidade de também demonstrar a sua insatisfação com a gestão de Almiro Costa.  Em um aparte ao discurso do líder da oposição, Clovis Cavalcante (PSD), Célia concordou em adiar a votação do reajuste salarial dos funcionários da Câmara, dizendo que se o município estivesse nas mãos das onze ou dez (ausência de Vando) pessoas daquela casa, as coisas estariam diferentes.

12 comentários:

  1. vcs q pensam restavam hoje ao lado do prefeito na cavalgada Romerinho e Reginaldo! não acredito q eles fiquem fora do governo e contra a ele ! Joaquina quijinguense

    ResponderExcluir
  2. Cara, gostei de ver. Parece que os vereadores estão querendo atuar com independência. É isso que deve ser feito. Se a câmara funcionasse sempre assim, com certeza os prefeitos mal intencionados ja teriam caído fora. Se continuar assim, esse não se sustentará no poder. Ou seja, se as coisas funcionassem como devem, a corrupção diminuía bastante. POis, se houvesse suspeita, o prefeito era logo investigado e, se errado, era punido. Quem ria querer ser prefeito para roubar? Agora, o legislativo sempre funcionou como um apêndice do executivo, salvo exceções de alguns vereadores.

    Vamos lá vereadores. Façam história e passem a serem lembrados nos dias 15 de março pelas futuras gerações como aqueles que lutaram pelo desenvolvimento e pela justiça deste município.

    Vamos aguardar as próximas sessões pra ver se eles vão continuar desta forma.

    ResponderExcluir
  3. Vamos aguarda as proximas seçoes pra ver se nao esta falando apenas da boca pra fora pq ano passado ficarao caladinhos!

    ResponderExcluir
  4. Isso mesmo, saem das sombras e façam valer o poder que voces tem.

    ResponderExcluir
  5. Estao corretissimos. Acho que voces viram que nao vale a penas encobertar as coisas. Como disso o pastor tem que investigar. Como ia ficar a cara de voces depois que a justiça investigar e descobrir as coisas? E aí? POrque que vocês não fizeram, nao investigaram? Todos vão querer saber. Continue. Voces vereadores não vão perder, pelo contrário irão ganhar admiradores.

    ResponderExcluir
  6. o povo vota é pra ver voces trabalhando não é pra ver voces recebendo propina não,bando de incopetentes,esse cheirinho é pra arrumar votos pra deputados.vamos ficar de olho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha so. E arruma mesmo, porque se estao fazendo a coisa certa tem meu reconhecimento.HH

      Excluir
  7. Demorou, ja deviam ter feito isso ha tempo. muito dinheiro ja foi para o ralo. corram enquanto é tempo. salvar os de 2015 e 2016

    ResponderExcluir
  8. vcs não sabem de nada mais a vereadora ivany não tem carros locados não,nem regalias provem se ela tem estas coisas ,eu tenho conhecimento que o maoir adiverssario dela e o propio prefeito, que só dar outonomia algumas a nalfabeto que ele confia,conversando com ela e ela me falou que uma ajuda que ele dar em atender os doentes,ela nao vai ser precionada por isso nao,vai entrega

    ResponderExcluir
  9. Há um comentário onde dizem que o Ex-Vereador Valdemiro e o Vereador Clovis babavam de raiva e defendiam o Sr. Joaquim a qualquer custo, e que o Sr. Joaquim comprou Fazendas, apartamentos e etc. Cidadão não compare o governo de Joaquim com o governinho do PT, a diferença é gigantesca basta comparar. No governo de Joaquim tinha, ambulância, transporte para levar pacientes à Salvador, tinha combustível para as ambulâncias, não era necessário os pacientes fazerem vaquinha para continuar a viagem como está acontecendo hoje, tinha papel higiênico, e remédio no Hospital, não havia perseguição a ninguém, muito menos a servidor ou contribuinte do município. Outra o Sr. Joaquim é um homem de muita sorte trabalhou e trabalha duro para pagar suas contas e ganha muito bem na sua profissão. Logo caro anônimo, você não tem condições de fazer nenhuma comparação dessa natureza visto o seu engajamento na defesa de tudo de podre que está acontecendo hoje em nosso município.

    ResponderExcluir
  10. Será mentira ou será verdade?

    ResponderExcluir
  11. Cadê os comentários que se envia senhor proprietário do site, só coloca os que ataca a administração de Quijingue?

    ResponderExcluir

REGRAS PARA COMENTÁRIOS: (Leia, é importante)

Obs.: A opinião emitida nos comentários é de quem comenta, e não tem necessariamente a ver com o autor da postagem ou do editor do blog. A responsabilidade pelo comentário é de quem comenta.

Os comentários são muito bem vindos e importantes para o Folha da Vila, pois enriquecem o conteúdo das postagens. Há, no entanto, pequenas regras que devem ser seguidas para que seu comentário não seja bloqueado ou apagado. Reservo-me o direito de apagar qualquer comentário que desrespeite as regras abaixo:

1- O comentário deve estar relacionado ao assunto tratado na postagem.
2- Este não é um espaço para você divulgar seu Blog, Twitter, Facebook ou qualquer outro link pessoal.
3- Comentários com links que direcionarão para outras páginas serão removidos.
4- Nunca deixe comentários ofensivos, discriminações racistas, vulgaridades, palavrões ou qualquer tipo de desrespeito a outros visitantes ou à equipe do blog.
5- Não deixe Email nos comentários, dúvidas sobre as postagens serão respondidas no próprio blog.
6- Elogios, críticas, informações complementares e sua opinião sobre o tema são bem vindas.
7- Outras dúvidas, perguntas, sugestões e outros use o formulário de Contato.

Agradecemos pela compreensão.

Pesquise no Folha da Vila


Receba atualizações por e-mail

Curta nossa página no Facebook

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Folha da Vila - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger