Home » » O SECRETARIO DO NADA DA TERRA DO NUNCA II

O SECRETARIO DO NADA DA TERRA DO NUNCA II

Nestes dias é impossível não se deprimir, se indignar, se preocupar, a não ser fechando olhos e ouvidos. Me entristeço. De um lado, com as palavras de verdadeira demonstração de autoritarismo e desprezo consagrada no texto do secretario do nada, postado em seu blogalupa.blogspot.com.br no dia 15 de março de 2013. Mas, que menos de 24 horas o mesmo o retirou do ar como um passe de mágica – com palavras descabidas e inexplicáveis – mostrou todo o seu acervo de ditador, atacando pessoas que no mínimo tentaram lhe dá um norte na vida.

Não temo esse terrorismo psicológico que você (secretário) tenta impor – agora, respire fundo, tome fôlego e prepare-se – porque não retiro uma só vírgula do que disse ou digitei sobre o cargo que ocupa (e não da pessoa!) que aliás nunca aprovei o seu “modus operandi”;

O direito de receber informações de fatos de interesse público deve ser amplo, quando se trata de personalidade pública, uma vez que por opção pessoal as assim chamadas pessoas públicas (políticos) colocam-se em posição de maior destaque e interesse social. Que tem por finalidade garantir a toda à sociedade a ampla e total divulgação de fatos e notícias de interesse público, auxiliando, inclusive, a ampla fiscalização da gestão da coisa pública e pretendendo, com isso, evitar as arbitrariedades do poder público, o que seria proporcionado pela restrição do acesso à informação.

Temos razões de sobra para protestar contra essa administração e contra as atitudes do secretário do nada que precisam corrigir atitudes, direções, limpar o lixo, tirar as teias de arranha. As abundâncias de informações e intermináveis denúncias contra a administração atual, que tem dia e hora para acabar, já passou do aceitável, do suportável.

Repito, em meu texto, eu falei do secretário (do cargo) e não da pessoa física, foi o meu depoimento sobre o que vejo e o que sinto dessa famigerada administração e do secretário do nada, minha preocupação com o que acontece aqui é intensa, e me esforço para que não sombreie minha vida e meu convívio com as pessoas. Não sou pessimista e nem tento ser salvador da pátria, faço apenas a minha parte como cidadão que merece respeito diante do descaso em que se encontra o nosso município.

Faço nos meus textos, num jogo não muito bom de palavras, um breve relato dos acontecimentos da nossa cidade, como por exemplo, o que está acontecendo com o IPTU do exercício de 2014, centenas de contribuintes que tem mais de um imóvel cadastrado na prefeitura tem reclamado o seguinte: 1- o boleto que esta sendo entregue na residência do contribuinte para pagamento do IPTU é omisso e não indica o valor do metro quadrado do imóvel; não indica o valor venal do imóvel; não indica qual o imóvel que o contribuinte esta pagando e não respeitou o princípio da retroatividade, etc.... – é isso secretário que estamos a reclamar! Queira Vossa Senhoria ou não continuaremos a nos manifestar sobre tais ilegalidades, pois é de interesse público e não de interesse particular. E aconselho aos contribuintes que estão nessa situação a procurar o setor tributário para que esclareça tais dúvidas e, principalmente não pague o IPTU até que se regularize.

Pretendeu o secretário do nada em seu texto publicado em 15 de março de 2013, vociferar palavras que não condizem com a verdade ou a realidade, portanto, acho e devo fazer algumas considerações. Então vejamos:

Asseverou que fui dono de “auto peças” e “ que tudo era comprado com dinheiro da prefeitura”. Fui dono de auto peças sim! Mas não comprei as peças com dinheiro da prefeitura e meu pai na época não era prefeito de Quijingue. O que aconteceu foi que simplesmente o comércio não deu certo. Porque pessoas de índole má como do secretário do nada compraram e não cumpriram com suas obrigações – quanto ao cargo de tesoureiro da prefeitura, confirmo que fui tesoureiro e fazendo uma análise fria e madura acho que fui um secretario pífio, simplesmente porque acho que pessoas com 20 anos de idade não tem maturidade suficiente para administrar tal responsabilidade, mas não roubei como você afirma- não adotei os mesmos procedimentos impetrado pelo tesoureiro a quem sucedi.

Asseverou que “não tinha confiança do próprio pai” e dos “próprios irmãos” isso é totalmente inverídico, primeiro porque no seu leito de morte o Sr. Felisberto me chamou e me confidenciou coisas alarmantes e entregou-me documentos que certamente será a ruína de muita gente. Acrescento, ainda, que a discordância que eu tinha com meu pai era porque ele tinha delegado muito poderes ao tesoureiro à época e que esse mesmo tesoureiro vinha se beneficiando do dinheiro público e, que cuidava da coisa pública como se fosse sua, de sua propriedade.

Asseverou, também, que eu ira matar o secretario do nada. Acontece que: primeiro eu não mando recado, segundo eu vou e faço.

Asseverou, ainda, que não ficou devendo nada ao Sr. Ari e que deixou um crédito no valor de R$ 69.000,00. Acontece que, o secretário do nada não só ficou devendo à quantia de R$ 2.690,00 (dois mil, seiscentos e noventa reais) sem juros e acréscimos ao Sr. Ary, como também o Sr. Ary pagou ainda quantia que o secretário do nada estava devendo ao Sr. Adelson Abreu. É só perguntar a ambos para confirmar a veracidade dos fatos.

Asseverou, ainda, que em 2001, foi perseguido pelo prefeito da época. Acontece que na administração do Prefeito Joaquim, o secretário de obras foi demitido por praticar várias irregularidades, inclusive, levar para Caldas do Jorro funcionários da Prefeitura para construir a casa do mesmo.

Asseverou, ainda, que não proibiu de fazer a cavalgada. Acontece que numa atitude desesperada e inconseqüente o secretário do nada tentou sem sucesso impedir a cavalgada proibindo do chefe do setor de tributação de dá o alvará ao Sr. Cosminho, tanto é verdade que o Sr Cosminho pegou junto ao setor de tributação o indeferimento do alvará, os verdadeiros motivos que a prefeitura estava negando “politicagem”. E o prejuízo político para o governo do Sr. Almirinho foi incalculável.

Asseverou, ainda, que foi convidado para ser secretário do então prefeito o Sr. Felisberto. Acontece que se foi verdade ou sonho, jamais saberemos – mas, o Sr. Felisberto certamente se livrou de problemão, isto não tenha dúvida.

Assim, sendo, conclamo a Vossa Senhoria secretário do nada, a marcamos um encontro na rádio local para debatermos assuntos relacionados a interesse público, para que possamos amenizar o sofrimento da população e do comércio como um todo.

No mais, acho que Vossa senhoria deveria era mostrar serviço.

AUTOR: Felisberto Filho,”Betinho” é advogado, pós-graduado na área de Gestão, Controladoria e Auditória de Contas Públicas Municipais e, Mestrado em Ciências Criminais.


NOTA 1
NOTA 2 (esta postagem está sendo mediada pelo próprio autor. A aprovação dos comentários depende, exclusivamente, da autorização do próprio autor que se responsabilizará pelas mesmas).
NOTA 3 (se alguém se sentir ofendido, agredido ou difamado, poderá solicitar a exclusão do comentário enviando uma mensagem justificando. O E-mail quijinguenews@gmail.com).

9 comentários:

  1. Muito bem. è não ter medo de falar a verdade. Eu ví os dois textos: você bate, e com razão no secretário e ex-diretor do CEDLEM e nao na pessoa Júnior. Já ele, ao contrário, tentou te agredir enquanto pessoa, nisso acho ele foi infeliz. e talvez por isso, preferiu tirar o texto dele de circulação.

    Continua assim, betinho, pois ele nao terão como te perseguir

    ResponderExcluir

  2. MUITO BEM BETINHO... É UM NADA ESSE SEC... MAS, UMA COISA ELE FEZ: PERSEGUIU, OU NO MÍNIMO, DEIXOU OU APOIOU A PERSEGUIÇÃO A VARIAS PESSOAS DA ADMINISTRAÇÃO. ISSO MARCOU A PASSAGEM DELE PELA PREFEITURA. LEMBRE DISSO JUNIOR. SE NÃO FOI VOCE QUE FEZ MAS, AJUDOU.

    PERSEGUIU PESSOAS DO LUGAR, PESSOAS QUE SE CRIARAM JUNTOS. INCLUSIVE TEVE UMA DELAS QUE É ESPOSA DE UM AMIGO DELE. COMO PODE? O PODER PASSA, É PASSAGEIRO. E AS PESSOAS FICAM. PERSEGUIÇÃO É UMA COISA QUE MARCA.

    TRANSFERIU OU APOIO A TRANSFERENCIA DE PESSOAS DESTA TERRA SÓ PORQUE NÃO VOTOU EM ALMIRINHO... TRANSFERIRAM AS PESSOAS PARA OUTROS DEPARTAMENTOS E DEIXARAM SEM FAZER NADA. SENDO QUE ERAM PESSOAS DE CARREIRA, CONCURSADO, DO QUADRO DA PREFEITURA, MAS SÓ PORQUE NÃO VOTARAM NO GRUPO. ONDE PODE? FORMADO EM SOCIOLOGIA E APOIAR ISSO. TEVE O CASO QUE CORTARAM AS GRATIFICAÇÕES DUM MONTE DE FUNCIONÁRIOS. PORQUE ERAM CONTRA. QUANDO ISSO VAI PARAR.

    BETINHO TEVE A CORAGEM DE SER O PORTA VOZ DO QUE MUITOS GOSTARIA DE FALAR. EU SOU UM. ESTOU FAZENDO ANONIMO PORQUE CIDADE PEQUENA TODOS SE CONHECEM. NÃO FUI PERSEGUIDO COM CERTEZA POR QUE NÃO TRABALHO NA PREFEITURA. MAS TODOS QUE TRABALHAM E VOTARAM NO CANDIDATO DERROTADO RECEBEM TRATAMENTO DIFERENTE. DIGO ISSO PORQUE SEMPRE ME FALAM . JÁ FOI NOTICIADO NA INTERNET.

    DE UM BASTA A PERSEGUIÇÃO POLITICA. VAMOS FAZER VALER A LIBERDADE E O DIREITO DE ESCOLHER EM QUEM VOTAR.

    QUEM ACREDITAVA QUE O JUNIOR IA LUTAR POR ISSO, SE ENGANOU.

    NO MOMENTO É SÓ. DESCULPA POR ESCREVER EM MAIUSCULO

    ResponderExcluir
  3. perseguição é também a marca desse governo e deste secretario

    ResponderExcluir
  4. esse senhor secretário, é um Hipócrita, ele não tem capacidade em assumir nada.O colegio CEDLEM é a prova, e como secretário, a preocupação maior, é em perseguir e humilhar um povo tão sofrido e a cada dia vem sofrendo ainda mais. Mostrar serviço em beneficio a população, é nota 0..Só tem palavras bonitas, mas atitudes horriveis ..Parabéns betinho pelo belo texto, suas palavras expressam bem o que a população acha desse cara..continue..Já ele ir a rádio, seria uma ótima oportunidade, o que acho bem dificil, ele vai correr..rsrs

    ResponderExcluir
  5. eles não perseguem nao só os funcionários não, mas todos aqueles que nao votaram neste prefeito de merda, rebatem, tenta desmoralizar que faz critica a esse governo ou denuncia e não concordo com essas coisas. quem nao votou neles nao tem vez....deixe, as coisas estao sendo descobertas e vao todos cair.espere deste tanto de denuncia.vamos esperar.Ass: xará

    ResponderExcluir
  6. É isso ai betinho tamos com vc. esse secretário de nada so presta pra perseguir mesmo. Mas que ele nao esqueça que amanha é outro dia. O poder acaba secretário de merda.

    ResponderExcluir
  7. Palavras coerentes Sr. Betinho, quero ver se o Sr. Secretário terá moral ou cara de pau para falar de politica quando não mais estiver no poder, isto só o tempo dirá resta-nos agora a contagem regressiva para a chegada hora deste dia...
    Ass: Sr. Cavalcante

    ResponderExcluir
  8. Acontece que na administração do Prefeito Joaquim, o secretário de obras foi demitido por praticar várias irregularidades, inclusive, levar para Caldas do Jorro funcionários da Prefeitura para construir a casa do mesmo. Esse texto é do Betinho. Corrupção é isso aí ficou comprovado e tem a casa lá no Jorro para não deixar o Betinho mentir.

    ResponderExcluir

REGRAS PARA COMENTÁRIOS: (Leia, é importante)

Obs.: A opinião emitida nos comentários é de quem comenta, e não tem necessariamente a ver com o autor da postagem ou do editor do blog. A responsabilidade pelo comentário é de quem comenta.

Os comentários são muito bem vindos e importantes para o Folha da Vila, pois enriquecem o conteúdo das postagens. Há, no entanto, pequenas regras que devem ser seguidas para que seu comentário não seja bloqueado ou apagado. Reservo-me o direito de apagar qualquer comentário que desrespeite as regras abaixo:

1- O comentário deve estar relacionado ao assunto tratado na postagem.
2- Este não é um espaço para você divulgar seu Blog, Twitter, Facebook ou qualquer outro link pessoal.
3- Comentários com links que direcionarão para outras páginas serão removidos.
4- Nunca deixe comentários ofensivos, discriminações racistas, vulgaridades, palavrões ou qualquer tipo de desrespeito a outros visitantes ou à equipe do blog.
5- Não deixe Email nos comentários, dúvidas sobre as postagens serão respondidas no próprio blog.
6- Elogios, críticas, informações complementares e sua opinião sobre o tema são bem vindas.
7- Outras dúvidas, perguntas, sugestões e outros use o formulário de Contato.

Agradecemos pela compreensão.

Pesquise no Folha da Vila


Receba atualizações por e-mail

Curta nossa página no Facebook

 
Support : Your Link | Your Link | Your Link
Copyright © 2013. Folha da Vila - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger